...
Pular para o conteúdo

5 passos para você memorizar melhor o que estudou

Se você estuda para vestibular ou concurso público, selecionamos 5 passos para você memorizar melhor o que estudou.

Memorizar-melhor-o-que-estudou

O psicólogo alemão Herman Ebbinghaus, constatou que esquecemos cerca de 70% do que aprendemos em um prazo de 24 horas quando não há assimilação das novas informações.

Para que seus estudos sejam mais produtivos e os resultados mais assertivos, confira essas dicas para ajudar na sua rotina. Mas lembre-se, é fundamental que haja uma postura boa e focada diante dos estudos para que realmente haja aproveitamento das dicas aqui expostas.

Se você é uma pessoa que se dispersa com facilidade, faça anotações do que está sendo dito em aula, assim você evita perder o foco.

Vamos as dicas:

1 – Descubra seu estilo de aprendizagem

É importante destacar que existem estilos variados de aprendizagem. A dica aqui é perceber em qual estilo você se encaixa melhor. Pois isso te possibilitará notar como as informações são melhores absorvidas pelo seu cérebro.

Os estilos de aprendizagem para memorizar melhor o que você estudou são:

  • Pela leitura; há aqueles que guardem melhor as informações quando são lidas. Pessoas que têm melhor aprendizado pela leitura.
  • Auditivos; são aqueles que aprendem mais quando o estímulo é sonoro. Pode ser por meio de música ou palavras. Aqueles que conseguem absorver a informação por meio do som.
  • Visuais; aqueles que percebem e têm melhor aprendizado quando a informação é passada por meio de imagens. Mapas mentais, gráficos e imagens em geral.
  • Cinestésicos; aqueles que aprendem por meio do movimento corporal. Que poder ser um simples “grifar” de um texto até gestos.

Se você não tem idéia de qual estímulo lhe favorece na aprendizagem, experimente fazer o questionário VARK para descobrir.

Experimente estimular seu cérebro de diversas formas para perceber como a informação têm melhor aproveitamento para você.

2 – Revise os conteúdos

A revisão é fundamental se você deseja memorizar o conteúdo estudado. É de extrema importância que você destaque pontos importantes para que seu resumo seja produtivo e otimizado. Assim você não precisa repassar toda a matéria e revê o que realmente importa para não cair na curva do esquecimento.

Revisões espaçadas são ótimas e não se tornam cansativas. Desta maneira você favorece o armazenamento de informações.

3 – Faça anotações

Na rotina de estudos é essencial que você anote.Não é possível armazenar tudo em anotações mentais, por esta razão é fundamental anotar tópicos importantes enquanto assiste sua aula ou preparatório.

Além do mais, revisar as anotações também contribui para a memorização do conteúdo estudado.

Pois elas contribuem para o resgate de informações.

4 – Use Mnemônicos

Essa técnica consiste em usar esquemas como palavras ou frases para memorizar um determinado conteúdo.Não há uma regra para criá-los. Mas eles devem fazer sentido para quem está estudando e serem relevantes para lembrar o que se estuda.

Disciplinas como química e física por exemplo, são perfeitas para se usar essa técnica.

Veja exemplos de Mnemônicos:

Física

Função horária do Movimento Retilíneo Uniformemente Variável

V = Vo + a.t
V = velocidade
Vo = velocidade inicial
a = aceleração
t = tempo

“Vou Voltar Mais Alto”

Química

Elementos mais eletronegativos

Os elementos mais eletronegativos, em ordem decrescente:

Flúor, Oxigênio, Nitrogênio, Cloro, Bromo, Iodo, Enxofre, Carbono, Fósforo, Hidrogênio

Sigla dos elementos químicos:

  • Flúor (F)
  • Oxigênio (O)
  • Nitrogênio (N)
  • Bromo (BR)
  • Iodo (I)
  • Enxofre (S)
  • Carbono (C)
  • Fósforo (P)
  • Hidrogênio (H)

mnemônico: Fui Ontem No Clube Briguei ’i’ Sai Correndo Para (o) Hospital

5 – Use flashcards

Flashcards são ferramentas que ajudam e muito na memorização do conteúdo e nas revisões. São pequenos cartões usados para resumos e também para esquemas de perguntas e respostas. Uma maneira fácil de exercitar, guardar anotações importantes e ajudar na assimilação.

É essencial que o tema abordado no flashcard não seja vago. Essa técnica é muito eficaz quando se usa informação direta, com palavras chaves que facilitem a revisão. Algo pensado para uma revisão rápida e eficaz.

Alguns dos temas mais trabalhados com flashcards incluem:

  • Fórmulas e conceitos matemáticos
  • Idiomas estrangeiros
  • Localizações, datas, prazos e linhas do tempo
  • Leis
  • Biologia e termos relacionados

Não esqueça de fazer pausas para recarregar sua bateria, é importante oxigenar o cérebro. Faça alguns intervalos para se alimentar, alongar ou até mesmo descansar um pouco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 13 =

×